Guarda municipal pisoteia tapete dedicado a Marielle em Ouro Preto; assista

Publicado em 22 abril, 2019
Compartilhe agora!

Guardas municipais de Ouro Preto (MG) destruíram, na noite deste domingo (21) de Páscoa, um tapete de serragem em homenagem a Marielle Franco, vereadora do PSOL que foi assassinada por milicianos há pouco mais de um ano no Rio de Janeiro (RJ).

LEIA TAMBÉM:
Bolsonaro cometeu infração de trânsito gravíssima

Os tapetes são confeccionados por católicos e colorem as ruas para a procissão de encerramento da Semana Santa na cidade.

Vídeos que circulam nas redes sociais mostram os guardas pisoteando o tapete enquanto turistas e moradores locais protestam com gritos de “Marielle vive” e “ei, Bolsonaro, vai tomar no c*”.

Em nota, a corporação afirmou que houve a destruição de desenhos de cunho político e que “a liberdade de expressão não é absoluta ainda mais quando outros direitos estão sendo afetados”. Afirmou também que temas não devocionais desrespeitam a tradição e que os guardas só desmancharam os tapetes com os pés por não terem outro instrumento.

Assista:


Com informações do G1

Compartilhe agora!