Por Esmael Morais

Estadão critica Bolsonaro por ceder à chantagem dos caminhoneiros

Publicado em 16/04/2019

O Jornal O Estado de São Paulo publicou um editorial nesta terça-feira criticando a subserviência do presidente Bolsonaro aos interesses dos caminhoneiros. A crítica até faz sentido, mas a preocupação do Estadão é na verdade a política de preços da Petrobras, que perde a “independência” e desagrada o mercado.

LEIA TAMBÉM: Reajuste dos servidores em 2020 só para militares

O texto afirma que, na condição de presidente da República, Bolsonaro continua a agir como representante dos caminhoneiros, em detrimento dos interesses dos brasileiros. Mas quais são os interesses dos brasileiros?

As críticas a Bolsonaro expõem o medo do desvio do neoliberalismo ao qual o presidente prometeu seguir. Mas, cá entre nós, essa é a única coisa de positiva nestes três meses e meio de governo.

Com informações do Estadão.