bolsonaro visita yasmim recusou comprimentar o presidente

Bolsonaro visita menina que o deixou no vácuo

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) visitou neste sábado (26) a estudante Yasmin Alves, 8, na Cidade Estrutural, periferia de Brasília, para, segundo ele, desfazer um mal-entendido provocado pela imprensa.

Há alguns dias circulou nas redes sociais e na imprensa, um vídeo que mostra Yasmim se recusando a cumprimentar Bolsonaro no Palácio do Planalto.

LEIA TAMBÉM:
‘Cadê o Queiroz’?, questiona Lula na entrevista

“Eu perguntei [na ocasião] quem era palmeirense e ela falou que não, nada mais além disso”, garantiu o presidente na saída da casa de Yasmim.

Bolsonaro disse ainda que fez a visita para desfazer a imagem de que a menina era mal-educada em sua comunidade.

A região, carente, mobilizou-se em parte para receber o presidente. A rua e arredores da casa foram bloqueados, de modo que alguns moradores acenaram para o presidente à distância.

Pouco antes de o presidente deixar a residência de Yasmin, o esgoto escorreu do cano da calçada bem na área montada para que desse a entrevista, impregnando a rua de mau cheiro. Bolsonaro acabou falando com os jornalistas alguns passos para o lado.

Ele estava acompanhado da mulher, Michelle, que levou um bolo de chocolate, o deputado Helio Lopes (PSL-RJ), o Helio Negão, e o ministro Floriano Peixoto (Secretaria-Geral).

Os pais de Yasmin serviram pão com leite condensado, café da manhã do qual Bolsonaro afirma gostar.
“Mas não deu tempo de comer, não. Tomei só uma xícara de café, tá ok?”, contou.

Assista ao vídeo:


Com informações da Folha