Bolsonaro intensfica toma-lá-dá-cá pela reforma da previdência

Publicado em 3 abril, 2019
Compartilhe agora!

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) assumiu-se como verdadeiro representante dos bancos e iniciará, a partir desta quinta (5), o toma-lá-dá-cá pela com o Congresso Nacional visando a reforma da previdência.

Assim como o “chefe” que quer ferrar a população mais pobre, o ministro da Economia, Paulo Guedes, e da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), também se somam ao balcão de negócios para exterminar a aposentadoria dos trabalhadores.

LEIA TAMBÉM
Procon multa Empiricus em R$ 9 milhões por comercial da “Bettina”

Dentro do escopo do toma-lá-dá-cá estão os presidentes do PRB, deputado Marcos Pereira; do PSD, Gilberto Kassab; do PSDB, o ex-governador de São Paulo, Geraldo Alckmin; do MDB, o ex-senador Romero Jucá, e do PP, o senador Ciro Nogueira; o presidente do DEM, ACM Neto; e o governador de Goiás, Ronaldo Caiado.

Sempre em nome dos interesses dos banqueiros, Bolsonaro ainda quer abrir “negociações” com PSL, SD, PR e Podemos para fazer o ‘ajuste fiscal’ (também chamada de reforma da previdência) contra a sociedade.

Compartilhe agora!