Bolsonaro e Guedes determinam sigilo nos estudos sobre a Previdência

Publicado em 21 abril, 2019
Compartilhe agora!

O governo Bolsonaro quer convencer a todos de que sem o fim da Previdência o Brasil não sai da crise, mas agora esconde os dados que embasam a “reforma” que tramita no Congresso.

LEIA TAMBÉM: Pastorais do Campo: Defesa da reforma da Previdência se baseia em falácias

Pois o ministério da Economia decretou sigilo sobre os estudos e pareceres técnicos que embasaram a Proposta de Emenda à Constituição. da Previdência.

Assim, não é possível ao cidadão comum, afetado diretamente pelas mudanças em pensões e aposentadorias, ter acesso a argumentos, estatísticas, dados econômicos e sociais que sustentam o texto em tramitação.

A decisão de blindar os documentos consta de resposta da pasta a um pedido da Folha de S. Paulo para consultá-los.

O sigilo reforça a percepção de que o alarmismo em relação a necessidade da reforma não se sustenta na prática.

Não há outro motivo lógico para se determinar o segredos nos documentos, a não ser a desconfiança de que os dados forneceriam munição para a aposição, que luta contra a “reforma”.

Com informações da Folha de S. Paulo.

Compartilhe agora!