Por Esmael Morais

Bolsonaro diz que filho deveria ser ministro de seu governo

Publicado em 09/04/2019

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) admitiu a participação do filho Carlos Bolsonaro na operação de suas redes sociais e disse que ele foi responsável por sua eleição e deveria até ter um cargo de ministro.

LEIA TAMBÉM:
Obscura Câmara de Comércio Brasil-EUA premiará Bolsonaro como ‘pessoa do ano’

“Ah, o pitbull? Tá atrapalhando o quê? Não me atrapalhou em nada. Acho até que devia ter um cargo de ministro. Ele que me botou aqui. Foi realmente a mídia dele que me botou aqui. E ele não tá pleiteando cargo de ministro. Poderia botá-lo, mas não tá pleiteando isso aí”, disse Bolsonaro à rádio Jovem Pan, nesta segunda-feira (8), ao ser questionado sobre o filho Carlos.

“Twitter, Facebook e Instagram não tomam nem 30 minutos do dia. Quem realmente me ajuda nessa coordenação é o Carlos Bolsonaro. Por isso muita gente quer afastá-lo de mim”, afirmou o presidente.

Carlos Bolsonaro é vereador no Rio de Janeiro pelo PSC e foi responsável por criar a estratégia de comunicação nas redes sociais que ajudou a eleger o pai.

O vereador é muito criticado dentro e fora do governo por usar as redes sociais do presidente para criar intrigas, fritar desafetos políticos e atacar a imprensa.

Com informações da Folha