Por Esmael Morais

A burguesia sente no ar o cheiro da liberdade de Lula

Publicado em 01/04/2019

A velha mídia e a burguesia estão parecidas com cadelas no cio nesses dias que antecedem à libertação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

A cinco dias de completar 1 ano com preso político na Polícia Federal de Curitiba, Lula tem recurso para ser votado no Superior Tribunal de Justiça (STJ) e o STF (Supremo Tribunal Federal) já formou maioria para rever a prisão de condenados em 2ª instância.

LEIA TAMBÉM
Jornada por Lula Livre terá mais de cem manifestações no Brasil e no mundo

No caso do STJ, a própria defesa de Lula pediu para que o julgamento do recurso fosse adiado; e a OAB pediu para que o exame da prisão em segunda instância também fosse postergado.

Diante da hipótese cada vez mais crível da liberdade para o ex-presidente Lula — nos próximos dias ou mês –, a burguesia e a velha mídia golpista sentem no ar o cheiro da soltura do petista. Por isso ficam excitadas tal qual uma “cadela fascista no cio” — como diria o dramaturgo alemão Bertold Brecht.

Como o seguro já morreu de velho, o PT convocou manifestações entre 7 e 10 de abril no Brasil e em várias partes do mundo.