Por Esmael Morais

Sindicatos intensificam mobilização em defesa da aposentadoria ameaçada por Bolsonaro

Publicado em 20/03/2019

As centrais sindicais, confederações e sindicatos intensificam os preparativos para o Dia Nacional de Luta e Paralisações contra a PEC 06/2019, que altera as regras da Previdência Social, e abre caminho para a privatização do sistema previdenciária com a instituição do regime de capitalização. As manifestações ocorrerão em todo país na próxima sexta, 22.

Atos públicos, passeatas e protestos vão acontecer em todo o país, segundo os organizadores. Em São Paulo, o ato acontece em frente ao MASP, na Avenida Paulista, às 17h.

No Rio de Janeiro, a concentração está marcada para às 16h, na Candelária. Depois segue em caminhada até a Central do Brasil.

Segundo as Centrais, as manifestações “são um esquenta para a greve geral que os trabalhadores vão fazer se Bolsonaro insistir em aprovar essa reforma perversa”.

“Nossa luta é por uma Previdência Social pública, universal, com valorização real, sem privilégios e que amplie a proteção social para quem mais precisa deste sistema!”, diz o documento assinado pela CUT, Força Sindical, CTB, CSP-Conlutas, CGTB, CSB, NCST, e Intersindical.

Confira os locais dos atos já confirmados no país:

Rio Branco – ato às 8h, em frente à sede do governo do estado (Palácio Rio Branco).

Maceió – ato às 15h, na Praça Centenário
Arapiraca – ato às 9h na Praça da Prefeitura

BAHIA
Salvador – ato às 9h, no Rótula do Abacaxi

CEARÁ
Fortaleza – ato às 8h na Praça da Imprensa (bairro Dionizio Torres)
Juazeiro do Norte, ato às16h, no Giradouro
Sobral – ato às 7h30, na Praça de Cuba
Chorozinho – ato às 8h, na Praça da EEF Padre Enemias
Morada Nova – ato às 7h, na Praça da Matriz
Russas – Ato às 7h, na Praça Monsenhor João Luiz
Aracati – ato às 8h, na Praça dos Prazeres
Jaguaruana – ato às 9h, na Praça da Prefeitura
Itaiçaba – Ato às 7h, na EEF Dulcineia Gomes Dinis
Solonopole – Ato às 9h30, no Ginásio Poliesportivo
Pereiro – ato às 7h, na Praça da Matriz
Itapipoca – ato às 8h, na Praça dos Motoristas
Iguatu – Ato às 8h, na Praça da Caixa Econômica
Tianguá – Ato às 8h, na Praça dos Eucaliptos
Acopiara – Ato às 8h, na Praça da Matriz
Paracuru – ato às 8h, no Sindicato Rural
Cratéus – Ato às 7h, na Coluna da Hora
Camocim – Ato às 8h, na Pracinha do Amor
Paraipaba – Ato às 15h30, na Praça do Hospital
Martinópole – Ato às 16h, no Galpão dos Feirantes
Jaguaribe – Ato às 16h, na Praça do Fórum

DISTRITO FEDERAL
Brasília – As entidades filiadas deverão realizar reuniões, seminários, assembleias, atos ou paralisações junto a suas bases, denunciando os perigos da reforma de Bolsonaro e construindo a Greve Geral.

ESPÍRITO SANTO
Vitória – ato às 8h, com caminhada de Jucutuqyara até o Palácio Anchieta

GOIÁS
Goiania – às 6h, ato perto da Serra Dourada, na altura do KM 153 da BR

MATO GROSSO
Cuiabá – ato às 16h, na Praça Ipiranga

MATO GROSSO DO SUL
Campo Grande – 9h, paralisação com ato público, na Praça do Rádio Clube. Em todo o estado a FETEMS realizou assembleias com os trabalhadores, que aprovaram greve geral no dia 22

MINAS GERAIS
Belo Horizonte – às 17h tem ato na Praça Sete. Na parte da manhã, sindicalistas e militantes percorrerão com carro de som dois bairros populosos da capital – Barreiro e Venda Nova – explicando as perversidades da reforma de Bolsonaro e fazendo panfletagens.
Montes Claros, 16h – Ato na Praça Dr. João Alves (Praça do Automóvel Clube)
Cidade de Timoteo – Ato às 17h, na Praça 1º de Maio
Coronel Fabriciano – Ato às 9h, Praça da Rodoviária
Ipatinga – Ato às 14h, na Praça 1º de Maio
João Monlevade – Ato a partir das 9h, na Praça do Povo

PARÁ
Belém – às 7h30, concentração em frente ao Banco do Brasil da Avenida Ponte Vargas e caminhada, a partir das 9h, do BB até a agência do INSS, na Av Nazaré.
Marabá – pela manhã defronte do INSS e às 15h, seminário sobre reforma da Previdência na Faculdade Carajás

PARANÁ
Curitiba – às 9h, concentração na Boca Maldita e às 11h, ato e panfletagem, no INSS, R. João Negrão, 11

PERNAMBUCO
Recife – ato às 15h, na Praça  do Derby

PIAUÍ
Teresina – ato às 8h, na Praça Rio Branco, em frente ao INSS.

RIO DE JANEIRO
Rio de Janeiro – ato às 16 na Candelária. Depois segue em caminhada até a Central do Brasil

RIO GRANDE DO NORTE

Natal – às 15h, concentração no INSS, na Rua Apodi 2150. Depois, militantes e sindicalistas seguem em caminhada pelas ruas da Cidade Alta em direção a Praça dos Três Poderes
Mossoró – às 6h, manifestação na base da Petrobrás e, às 8h concentração no INSS. Depois, manifestantes seguirão em caminhada pelas ruas do centro da cidade

RIO GRANDE DO SUL

Porto Alegre – ato às 18h, na Esquina Democrática
Caxias do Sul – ato às 17h, na Praça Dante Alighieri
Santa Maria – ato às 17h30, na Praça Saldanha Marinho
Pelotas – ato às 18h, no Mercado Público
Passo Fundo – ato às 17h, na Esquina Democrática

SANTA CATARINA
Florianópolis – ato às 17h, no Ticen.
Blumenau – ato às 10h, em frente ao INSS
Joinville – às 14h tem ato na Praça da Bandeira
Criciúma – às 13h30 tem ato no calçadão da Praça Nereu Ramos
Itajaí – às 16h, tem ato em frente à Igreja Matriz
Lages – às 17h00, tem aulão popular sobre a Reforma da Previdência, no Calçadão Tiago Fiúza de Carvalho

SÃO PAULO
São Paulo – ato às 17h, em frente ao MASP, na Avenida Paulista
São Carlos – a partir das 9h, na praça em frente ao Mercado Municipal – Centro
Bauru – apartir das 14h, Audiência Pública na Câmara Municipal – Praça Dom Pedro II, 1-50 – Centro
Campinas – às 10h00 tem Ato dos professores e Servidores Públicos no Largo do Rosário, no centro; às 16h30 – Concentração para o ato e panfletagem na rua 13 de Maio e diversos terminais de ônibus; às 18h00 – tem ato político com representante das centrais, das Frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo, movimentos sociais e sindicatos.
Grande ABC – às 7h – Caminhada com a participação dos sindicatos da região saindo da porta da Mercedes Benz e da Ford.
Mogi das Cruzes – a partir das 10h tem ato no Largo do Rosário (Praça da Marisa)
Ribeirão Preto – a partir das 17h, concentração na Esplanada Dom Pedro II
Osasco – Ato às 9h, em frente à estação de trem da cidade
Carapicuíba – ação às 5h30, em frente à estação de Carapicuíba e, às 9h, ato público no Calçadão
Ubatuba – ato às 10h, no Ipiranguinha, POsto BR, e das 11h30 às 18h, no calçadão do centro

SERGIPE
Aracaju – ato às 15h, com concentração em frente à Deso, na Rua Campo do Brito

*Com informações dos sites das centrais sindicais