Por Esmael Morais

PT responde a ataques de Ciro Gomes

Publicado em 12/03/2019

A Executiva nacional do PT emitiu uma nota na noite desta terça-feira (12) em resposta às declarações feitas por Ciro Gomes (PDT) ao jornal Valor Econômico.

LEIA TAMBÉM:

URGENTE: Lava jato recua de fundo bilionário na véspera de julgamento no STF

Nesta segunda feira (11), o pedetista disse ao Valor que a deputada Gleisi Hoffmann “é a chefe de uma quadrilha” e o ex-presidente Lula “um caudilho sul-americano corrompido”.

“Ao atacar o PT, Lula e nossa presidenta Gleisi Hoffmann, Ciro se alia aos que atacam a democracia, os direitos sociais e a esquerda brasileira”, diz trecho da Nota.

Confira a íntegra da nota:

1) O Partido dos Trabalhadores é parte de uma construção coletiva, liderada pelo ex-presidente Lula. Nascemos para mudar o Brasil e foi o que fizemos e continuamos fazendo ao longo de 39 anos: na luta pela democracia, na atuação na Constituinte, nas prefeituras e governos estaduais, na oposição ao projeto neoliberal, no apoio aos movimentos sociais e nos quatro mandatos presidenciais consecutivos conquistados pelo voto popular.

2) Em muitos desses momentos tivemos a companhia do PDT, partido pelo qual sempre nutrimos profundo respeito assim como às suas lideranças, a começar pelo o inesquecível Leonel Brizola.

3) Por isso mesmo, lamentamos profundamente as declarações dadas nesta segunda-feira (11) ao Jornal Valor Econômico pelo ex-candidato a presidente pelo PDT, Ciro Gomes. Ao atacar o PT , Lula e nossa presidenta Gleisi Hoffmann, Ciro se alia aos que atacam a democracia, os direitos sociais e a esquerda brasileira.

4) O PT se orgulha do legado de Lula que o povo brasileiro já reconheceu por tantas vezes assim como o de nossa Presidenta Gleisi, de sua direção e de sua militância, e cobrará posicionamento do PDT sobre essas declarações que rompem com qualquer padrão de respeito e convivência.
5) O PT continuará defendendo a unidade das forças progressistas e democráticas do país para enfrentar o obscurantismo e a agenda de entrega do patrimônio nacional levada a cabo por Bolsonaro. É isso que o povo brasileiro espera de nós.

Comissão Executiva Nacional do Partido dos Trabalhadores