PT aprova resolução sobre a reforma da Previdência de Bolsonaro

O Diretório Nacional do PT aprovou nesta sexta-feira (22) uma resolução na qual se posiciona contrário a reforma da Previdência apresentada pelo governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL).

LEIA TAMBÉM:
Frente Parlamentar em Defesa da Previdência já tem 30 senadores e 90 deputados

No documento, o PT fecha questão e orienta suas bancadas na Câmara e Senado para que derrotem os projetos relacionados à reforma.

“O PT fecha questão e orienta suas bancadas na Câmara e no Senado para que não meçam esforços para derrotar os projetos do Governo representados na PEC 06/2019 e no PL 1645/2019 que amplia ainda mais as distorções entre os militares, resistindo aos retrocessos expressos na proposta e reafirmando nosso compromisso com uma Previdência Universal, pública, justa e solidária”, diz trecho da resolução.

O partido destaca a inconstitucionalidade da PEC, os direitos retirados, a destruição do estado social a partir do regime de capitalização proposto, dentre todas as outras perdas para o trabalhador brasileiro.

“O projeto da Nova Previdência é o cartão de apresentação de um governo que além de atacar nossa soberania destrói os direitos duramente conquistados nas lutas das trabalhadoras e dos trabalhadores durante décadas no intuito de criar uma nova relação de trabalho regressiva, no molde de novas instituições em um regime politicamente autoritário e socialmente reacionário. (…) Para o Partido dos Trabalhadores a Previdência Social universal e pública é uma conquista da população brasileira, que garante direitos especialmente aos mais pobres, aos que mais necessitam do Estado”, ressalta o PT.

Leia aqui resolução do PT.

Com informações da Agência PT

Comentários encerrados.