Por escrito, Queiroz admite ter “gerenciado” salários dos assessores de Flávio Bolsonaro

Publicado em 1 março, 2019
Compartilhe agora!

O ex-assessor de Flávio Bolsonaro (PSL), Fabrício Queiroz, enviou depoimento por escrito para o Ministério Público do Rio de Janeiro. Ele admite ter “gerenciado” os salários dos outros assessores de Flávio.

As informações foram publicadas pelo Estadão. Na reportagem há trechos do depoimento que tentam isentar o filho do presidente. Mas, na verdade, acabam incriminando o atual senador.

LEIA TAMBÉM: Ex-assessor de Flávio Bolsonaro diz que repassava maior parte do salário para Queiroz

Queiroz foi assessor de Flávio na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro. Ele afirmou que usava o dinheiro tomado de volta do salários dos outros assessores para contratar mais assessores na base eleitoral do então deputado.

A prática é ilegal e não foram apresentadas provas do uso do dinheiro tomado dos salários dos assessores.

Com informações do Estadão.

Compartilhe agora!