Pinheiro Guimarães desmente Ciro: nunca conversei com Mourão ‘nem por telefone’

O ex-presidenciável Ciro Gomes (PDT) semeou a discórdia nesta terça (12), ao Valor, ao detonar o PT, atacar Gleisi Hoffmann e afirmar que o embaixador Samuel Pinheiro Guimarães seria um dos contados petistas com os militares.

Para Ciro, somente “um petista muito imbecil” para abrir diálogo com o vice-presidente general Hamilton Mourão e apontou a presidenta do PT como a chefe de uma quadrilha.

LEIA TAMBÉM
PT responde a ataques de Ciro Gomes

Perguntado sobre quem era a “ponte” do PT com os milicos, o ex-presidenciável pedetista declinou o nome de Pinheiro Guimarães. Entretanto, o embaixador jurou a uma fonte do Blog do Esmael que nunca conversou com Mourão “nem por telefone”.

Quanto a Gleisi, a dirigente contra-atacou dizendo que Ciro é um “coronel oportunista ressentido e covarde”. Segundo ela, quando a conjuntura exigia sua presença, o pedetista fugiu para Paris [durante o segundo turno presidencial entre Jair Bolsonaro e Fernando Haddad].

“Está à espreita de crises para se apresentar como salvador da burguesia e do sistema financeiro. Por isso ataca Lula, PT, nossas lideranças. Quer se apresentar como ‘solução'”, disparou a petista.

Comentários encerrados.