Por Esmael Morais

Nova greve dos caminhoneiros a caminho

Publicado em 23/03/2019

O Gabinete de Segurança Institucional (GSI) do governo Bolsonaro vem “monitorando” as organizações de caminhoneiros Brasil afora, e tudo indica que deve haver uma nova greve nos próximos dias.

LEIA TAMBÉM: Michel Temer fica em silêncio durante interrogatório na PF

O governo quer evitar que qualquer tipo de paralisação aconteça.

Acontece que os compromissos firmados pelo golpista Michel Temer ano passado não foram cumpridos; e a categoria está ficando irritada com o imobilismo do governo Bolsonaro.

Na semana passada, Wallace Landim, o Chorão, presidente das associações Abrava e BrasCoop, que representam a classe de caminhoneiros, teve reunião com o ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni.

Ele disse que até a próxima semana, o próprio presidente Jair Bolsonaro deve se manifestar sobre os pedidos da categoria.

Na pauta de reivindicações consta o piso mínimo da tabela de frete, o preço do óleo diesel, entre outros. A questão é que na outra ponta estão os empresários e o mercado que repele qualquer interferência do governo.

As informações são do Estadão.