MST festeja a colheita de 16 mil toneladas de arroz orgânico no RS

Publicado em 16 março, 2019
Compartilhe agora!

Cerca de 1,2 mil pessoas celebraram nesta sexta-feira (15) a 16ª Festa da Colheita de Arroz Agroecológico, no assentamento Santa Rita de Cássia II, em Nova Santa Rita (RS). A festa foi promovida por agricultores gaúchos ligados ao Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST).

Participaram da festa lideranças políticas como os deputados federais Dionilso Marcon (PT) e Elvino Bohn Gass, o deputado estadual Edegar Pretto, a prefeita Margarete Simon Ferretti (PT), representantes de prefeituras de São Paulo e do Rio de Janeiro e o dirigente nacional do MST, João Pedro Stedile, além de compradores do produto para a utilização na merenda escolar.

LEIA TAMBÉM: Encontro prepara nova fase da Campanha Lula Livre neste sábado

Cerca de 360 famílias dedicam-se a este tipo de plantio em pouco mais de três mil hectares de área de banhado, propícias ao cultivo de arroz. Os alimentos agroecológicos não contêm agrotóxicos, por isso são considerados mais saudáveis.

Este ano, o MST do Rio Grande do Sul estima colher 16 mil toneladas do cereal, tornando-se o maior produtor de arroz orgânico das Américas.

Segundo o coordenador do Grupo Gestor do Arroz Agroecológico do MST, Emerson Giacomelli, a produção desta safra será menor do que a do ano passado. Em 2018, foram colhidas 20 mil toneladas. A queda aconteceu em decorrência de fatores climáticos.

As informações e a foto são do Brasil de Fato.

Compartilhe agora!