Por Esmael Morais

Moro quer “administrar” os bens confiscados do crime organizado

Publicado em 13/03/2019

O ministro da Justiça de Bolsonaro, ex-juiz Sérgio Moro, quer criar uma “superagência” para “administrar” os bens confiscados do crime organizado pela Justiça.

LEIA TAMBÉM: PGR pede ao STF que anule acordo bilionário da lava jato com EUA

Segundo matéria publicada pelo portal UOL, a proposta está sendo redigida para ser enviada ao Congresso.

Para o governo, o poder Judiciário “não tem estrutura” para fazer a gestão dos bens e acaba perdendo dinheiro. Levantamento de 2014 apontava cerca de R$ 1,6 bilhão em bens a espera de destinação.

Qualquer semelhança com a fundação da lava jato que quer por a mão em R$ 2,5 bilhões de reais é mera coincidência.

Aliás, as coincidências estão na moda.

Com informações do UOL.