Por Esmael Morais

MBL anuncia em Curitiba que deixou o barco de Jair Bolsonaro

Publicado em 24/03/2019

Dentre as posições tomadas no 3º Congresso Nacional, em Curitiba, o MBL (Movimento Brasil Livre) anunciou neste sábado (23) que pulou fora do barco do presidente Jair Bolsonaro (PSL).

O capitão reformado foi apresentado à plateia do evento, formada majoritariamente por acadêmicos da Universidade Positivo, como uma pessoa incapaz de ser presidente da República.

LEIA TAMBÉM
PT aprova resolução em defesa da soberania nacional

Além de descer o relho em Bolsonaro, o MBL saiu em defesa do ex-presidente Michel Temer (MDB) preso na última quinta-feira (21) pela operação lava-jato.

Para o movimento protofascista, repetindo o discurso de Rodrigo Maia (DEM-RJ), o presidente da República tem que deixar o Twitter para fazer a reforma da previdência, qual seja, ferrar os trabalhadores com o fim da aposentadoria.

Quanto ao congresso, ‘orelhas seca’ do Blog do Esmael asseguram que foi mais esvaziado que estádio em dia de jogo do Ibis — o pior time do mundo.