Governo Bolsonaro foi ‘aparelhado’ pelos militares


O governo de Jair Bolsonaro (PSL), além de quase uma dezena de ministros militares, já nomeou mais de 100 militares em todos os escalões da administração federal, informa a reportagem deste domingo (3) do jornal O Estado de São Paulo.

Segundo “O Estadão”, o governo de Bolsonaro tende a superar em número a presença de militares na administração federal desde a ditadura militar.

A chamada “despetização” se revela apenas mais um falso pretexto para a ocupação de espaços no aparelho de estado, no caso, pela oficialidade das Forças Armadas.

O governo que já tem oito militares entre os ministros, acaba de entregar à Marinha o comando na superintendência de portos, no Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e no Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMbio), diz a reportagem.

A reportagem do jornal contabilizou 103 militares nos cargos comissionados de ministérios, bancos federais, autarquias, institutos e estatais, entre elas a Petrobrás e a Itaipu Binacional.

*Com informações do Estado de S. Paulo

Comentários encerrados.