Em todo país, 8 de Março homenageia Marielle e exige punição para assassinos

Os atos e marchas neste Dia Internacional da Mulher (8M) em todo o país resgatam a memória da ex-vereadora do PSOL, Marielle Franco – cujo assassinato por milicianos vai completar 1 ano sem solução no próximo dia 14– e contra as políticas do governo Bolsonaro,  a denúncia do feminicídio e a proposta da ‘reforma’ Previdência, que prejudica as mulheres.

Nas redes sociais, também as imagens de Marielle comparecem em milhares de postagens, todas ressaltando o papel da ativista política e de sua luta em defesa das causas feministas.

Marielle, que foi um dos temas do desfile da Mangueira,  escola de samba campeã do Carnaval carioca em 2019, se transformou num ícone em defesa da democracia e da liberdade no Brasil.

Comentários encerrados.