Por Esmael Morais

Em comunicado, MDB diz que prisão de Temer foi “açodada”

Publicado em 21/03/2019

Em comunicado, o MDB (Movimento Democrático Brasileiro) lamentou a prisão do ex-presidente Michel Temer na manhã desta quinta-feira (21). O político foi detido em São Paulo e será levado à sede da Polícia Federal no Rio de Janeiro. O partido lamenta “a postura açodada da Justiça”.

Confira a nota na íntegra:

“O MDB lamenta a postura açodada da Justiça à revelia do andamento de um inquérito em que foi demonstrado que não há irregularidade por parte do ex-presidente da República, Michel Temer e do ex-ministro Moreira Franco. O MDB espera que a Justiça restabeleça as liberdades individuais, a presunção de inocência, o direito ao contraditório e o direito de defesa.”