Por Esmael Morais

Crise da Venezuela é ‘ampliada pelas sanções’, afirma Michelle Bachelet da ONU

Publicado em 06/03/2019


A alta comissária da Organização das Nações Unidas (ONU) para os direitos humanos, Michelle Bachelet, afirmou nesta quarta-feira (6) que a crise política, econômica e social na Venezuela tem sido “exacerbada pelas sanções” internacionais.

Para Bachelet, “esta situação foi exacerbada pelas sanções e a atual crise política, econômica, social e institucional resultante é alarmante”.

O Conselho dos Direitos Humanos da ONU voltará a tratar de modo mais profundo a situação na Venezuela no dia 20 de março, na presença da alta comissária. Bachelet foi convidada em novembro por Caracas a viajar a Venezuela para “ver os efeitos das sanções”.

O discurso da alta comissária foi feito no momento em que o presidente venezuelano, Nicolás Maduro, convocou protestos para o dia 9 de março, quatro anos depois do anúncio das primeiras sanções impostas pelo então presidente americano Barack Obama.

*As informações são da France Presse