“Comovido” com Suzano, Flávio Bolsonaro quer trazer mais fábricas de armas para o Brasil

Em seu primeiro projeto como senador, Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) quer liberar a instalação de novas fábricas de armas de fogo e de munição no Brasil.

A proposta foi apresentada no mesmo dia do massacre em uma escola de Suzano (SP).

LEIA TAMBÉM: Lula emite nota sobre massacre em Suzano

Flávio quer alterar um decreto de Getúlio Vargas, que determina o oposto: “fica proibida a instalação, no país, de fábricas civis destinadas ao fabrico de armas e munições de guerra”.

As informações são do Estadão.

Comentários encerrados.