Chile terá protestos contra a visita de Bolsonaro

Bolsonaro segue para o Chile nesta quinta-feira (21) para um encontro com governantes de outros países sul-americanos. Mas a presença do presidente do Brasil terá protestos dos chilenos.

LEIA TAMBÉM: MEC cria comissão para censurar ENEM

Para começar, os presidentes do Senado e da Câmara dos Deputados já negaram a participação em um evento oferecido por governo do Chile com a participação de Bolsoanro.

Eles criticaram o ultra-conservadorismo do presidente do Brasil.

“Não estarei por convicção política e também porque tenho uma agenda regional já confirmada”, disse o presidente do Senado chileno, Jaime Quintana.

A visita de Bolsonaro gerou muitas críticas da oposição ao governo de Pinera e de organizações em defesa de minorias, que rejeitam as posições conservadoras do governante brasileiro.

Com informações do Portal Terra.

Comentários encerrados.