Carnaval 2019: Militância do PT cai na folia por ‘Lula Livre’


A política tem marcado o compasso do Carnaval neste ano. Em diversos estados brasileiros, blocos, cordões e escolas de samba não “pouparam elogios” a Bolsonaro e ao esquema de candidaturas laranja de seu partido, o PSL. A militância petista, espalhada pelo País, também caiu na folia para defender a liberdade do ex-presidente Lula.

Em São Paulo, o Bloco do Hercu desfilou com a temática “ Lula Livre” no domingo (03), na Zona Sul da capital paulista. No sábado, o tradicional MinhoQueens, voltado para o público LGBT, ocupou as ruas do Centro com o tema Resistência, conforme divulgou O Estado de S. Paulo. No público, era entoado o grito “Ele Não”, usado na campanha contra Bolsonaro nas eleições de 2018.

Entre as escolas de samba, destaca-se no Carnaval de São Paulo a Vai-Vai, que levou para a avenida o enredo “Quilombo do Futuro”, contando a história de povos negro. O desfile homenageou a vereadora Marielle Franco (PSOL-RJ), morta a tiros em 14 de março de 2018.

No Carnaval de Belo Horizonte, Bolsonaro também foi criticado pelo povo nas ruas, como mostrou o Jornal Folha de São Paulo. A reportagem também que foliões aclamaram o ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva relembrando o grito “olê olê olê olá Lula, Lula”. O tom se repetiu nos blocos Ladeira Abaixo e Tchanzinho.

Já em Pernambuco, o bloco Eu Acho É Pouco, um dos mais tradicionais do Carnaval de Olinda, também entoou gritos contra o Governo de Jair Bolsonaro. E o Bloco Sapo Barbudo também de Olinda homenageou o ex-presidente Lula.

*Com informações da Agência PT

Comentários encerrados.