Bolsonaro sobre o filho Carlos: Querem afastá-lo de mim

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) usou as redes sociais na noite deste domingo (3) para afirmar que “querem afastá-lo” de seu filho, o vereador Carlos Bolsonaro (PSL-RJ).

LEIA TAMBÉM:

‘Ei, Bolsonaro, vai tomar no c*’ é o grito do Carnaval na rua e atinge o topo do Twitter

“Algumas pessoas foram muito importantes na minha campanha. Porém, uma que se destacou à frente das mídias sociais, com sugestões e conteúdos: Carlos Bolsonaro, meu filho. Não por acaso muitos, que nada ou nunca fizeram para o Brasil, querem afastá-lo de mim. Não conseguirão: estando ou não em Brasília continuarei ouvindo suas sugestões, não por ser um filho que criei, mas por ser também alguém que aprendi a admirar e respeitar pelo seu trabalho e dedicação”, escreveu o presidente na mensagem que foi pastada no Twitter e no Facebook.

A postagem ocorreu após o presidente ter afirmado a um grupo de jornalistas que iria adotar um “filtro” nas declarações de Carlos que possam ter relação com o governo. A declaração aconteceu em um contexto no qual o presidente dizia que seus filhos não mandavam no governo.

A influência dos filhos de Bolsonaro na presidência da República tem causado imenso desconforto em algumas alas que fazem parte do governo, especialmente no núcleo militar.


Com informações do Uol