Por Esmael Morais

Bolsonaro nos EUA repete Trump e ameaça Venezuela: “Todas opções estão na mesa”

Publicado em 19/03/2019


O presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL), afirmou, nesta terça (19), que a situação da Venezuela foi debatida no encontro com Donald Trump, que contou ainda com a presença de dois intérpretes e do filho, o deputado federal Eduardo Bolsonaro.

“Conversamos particularmente sobre essa questão [da Venezuela], com dois intérpretes e com meu filho, Eduardo, a convite dele [Trump]. Nós queremos resolver isso porque o Brasil está sendo prejudicado. Diplomacia em primeiro lugar, até as últimas consequências. Todas as hipóteses estão na mesa”, declarou Bolsonaro.

O discurso foi bastante similar ao que o próprio Trump havia falado horas antes, em coletiva de imprensa, na Casa Branca. “Sei exatamente o que quero que aconteça na Venezuela. Nós temos opções diferentes vamos conversar sobre elas. Todas as opções estão na mesa”, disse o presidente americano, antes do encontro com Bolsonaro. E completou: “É uma vergonha o que está acontecendo na Venezuela, toda a crise e fome, vamos falar sobre isso”.

Em conversa com jornalistas, Bolsonaro ainda falou que convidou Trump para uma visita ao Brasil.