Bolsonaro foi mal interpretado em fala sobre Forças Armadas, diz Mourão

Publicado em 7 março, 2019

O vice-presidente da República, Hamilton Mourão (PRTB), disse nesta quinta-feira (7) que a declaração do presidente Jair Bolsonaro (PSL) sobre as Forças Armadas foi mal interpretada.

LEIA TAMBÉM:

Destinar R$ 2,5 bi para fundação da Lava Jato é um absurdo, diz Marco Aurélio

“O presidente está sendo mal interpretado. O presidente falou que, onde as Forças Armadas não estão comprometidas com democracia e liberdade, esses valores morrem”, afirmou.

Segundo o vice-presidente, Bolsonaro quis fazer um paralelo entre a atuação das Forças Armadas no Brasil e na Venezuela, onde a maior parte dos militares apoia o regime de Nicolás Maduro.

“É o que acontece na Venezuela. Lá, as Forças Armadas rasgaram isso aí. Foi isso que ele quis dizer”, disse.

Mourão ressaltou que se as Forças Armadas não são comprometidas com democracia e liberdade, esses dois valores não sobrevivem.

“Se as Forças Armadas não são comprometidas com democracia e liberdade, elas não subsistem. Está aí o nosso vizinho, a Venezuela, para mostrar isso aí”, afirmou.

Bolsonaro participou, pela manhã, da cerimônia comemorativa dos 211 anos do Corpo de Fuzileiros Navais. Em seu discurso, ele agradeceu às Forças Armadas e afirmou que “democracia e liberdade só existe se as Forças Armadas quiserem”.

Com informações da Agência Brasil