30% das sentenças da Lava Jato estão relacionadas com caixa dois

Publicado em 24 março, 2019
Compartilhe agora!

Segundo matéria publicada pelo jornal Folha de São Paulo neste domingo (24), 14 das 48 sentenças proferidas pela Lava Jato em Curitiba desde 2014 têm conexão com caixa dois e financiamento de campanha, incluindo as duas sentenças que condenaram o ex-presidente Lula (PT) – o que pode provocar contestações de defesas com base na decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) favorável à remessa de casos para a Justiça Eleitoral.

LEIA TAMBÉM:
Em Nova York, ativistas fazem ato por ‘Lula Livre’, ‘Fora Bolsonaro’ e ‘Marielle Vive’

“Entre esses processos, há condenações que tratam doações oficiais de campanha como atos de corrupção; acusações de desvios na Petrobras para bancar gastos eleitorais; e delações que relatam uma mistura do caixa de propina de empreiteiras entre propina para benefício pessoal de políticos e verba para eleição”, levantou a reportagem.

A matéria destaca que as duas sentenças que condenaram o ex-presidente Lula estão dentro dessa última situação.

o Supremo decidiu no último dia 14 que os casos que envolverem caixa dois com corrupção e lavagem de dinheiro devem deixar de ser julgados pela Justiça Federal e serem julgados pela Justiça Eleitoral.

O ministro do STF, Marco Aurélio Mello, já adiantou que “decisões proferidas por órgão incompetente” não devem ser mantidas.

Compartilhe agora!