STF proíbe transferência de Lula para penitenciária

Os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), consultados informalmente, negaram a possibilidade de transferência do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para uma penitenciária antes da decisão da prisão em caso de condenações em segunda instância.

O STF examinará a validade do cumprimento antecipado da pena para as condenações em segunda instância, sem o trânsito em julgado, no início do mês de abril. Até lá, recomendam os ministros da corte, o ex-presidente Lula deverá continua preso na Polícia Federal de Curitiba.

LEIA TAMBÉM
“Não reconheço a legitimidade dessa sentença”, escreve Lula ao receber condenação

Lula é mantido preso político da lava jato há 316, após uma condenação duvidosa do então juiz Sérgio Moro no caso tríplex. Pelo serviço de tirar o petista da corrida eleitoral, na qual Lula era favorito, o ex-magistrado da lava jato foi premiado com o cargo de ministro da Justiça no governo Jair Bolsonaro (PSL).

O fato é que o STF poderá rever a prisão do ex-presidente Lula e, com isso, desmontar a farsa da lava jato que inclusive tentou nos últimos dias colocar canga em ministros da corte com bombardeios e vazamentos relativos a seus aspectos morais. Também orquestrou-se campanha nas redes sociais pelo fim da “PEC da Bengala” a qual postergou a aposentadoria dos magistrados de 70 para 75 anos.

Assista ao vídeo:

Comentários encerrados.