Roger Waters sai em defesa de Maduro

O músico Roger Waters, fundador da banda Pink Floyd, usou o Twitter na noite deste domingo (3) para pedir o fim do golpe contra a Venezuela. 

LEIA TAMBÉM:

Maduro: Não aceitaremos que império algum nos imponha governos por vias extra constitucionais

Para o músico, a Venezuela têm uma democracia real e querem destruí-la para que o 1% possa ficar com o seu petróleo. 

Quando passou pelo Brasil em outubro do ano passado, o roqueiro causou polêmica ao projetar nos telões dos seus shows #EleNão e mensagens contra o fascismo. 

Comentários encerrados.