Requião comemora sinalização do STF pela criminalização da homofobia

O senador Roberto Requião (MDB-PR) mostrou-se bastante animado, no Twitter, com a sinalização do Supremo Tribunal Federal (STF) pela criminalização da homofobia.

“[O ministro] Celso de Mello brilha, agora, com seu voto civilizatório”, elogiou Requião, o que é raro da parte do ex-senador paranaense.

LEIA TAMBÉM
Proposta de Bolsonaro para aposentadoria terá idade mínima de 65 e 62 anos

Para o decano do STF, que relata a matéria, o Congresso Nacional foi “omisso” e “inerte” no enfrentamento da homofobia.

Requião conhece bastante do assunto porque, em 2017, relatou favoravelmente projeto correlato no Senado: a união estável entre casais do mesmo sexo. Na época, o texto foi aprovado na Comissão de Justiça, mas nunca chegou ao plenário — embora a Justiça já reconheça a união homoafetiva nos cartórios.

Quanto ao julgamento da criminalização da homofobia, no STF, ficou para a próxima quarta-feira (20) quando Celso de Mello pretende concluir a leitura de seu voto.

Comentários encerrados.