Receita vai investigar auditores que investigam Gilmar Mendes

A corregedoria da Receita Federal vai investigar os auditores fiscais instauraram investigação sobre o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes. A informação foi divulgada nesta sexta-feira (8) por Marcos Cintra, secretário do órgão, e confirmada pelo ministro da Economia, Paulo Guedes. 

LEIA TAMBÉM:

Moro ‘reconhece’ ilegalidade na prisão de Lula

Gilmar Mendes havia pedido providências ao presidente do STF, ministro Dias Toffoli, na manhã desta sexta-feira. 

Toffoli, por sua vez, enviou ofícios a Cintra, Guedes, e à procuradora-geral da República, Raquel Dodge, solicitando a devida apuração e adoção das providências cabíveis. 

No ofício enviado a Toffolli, Gilmar apontou “abuso de poder” por parte dos fiscais da Receita. 

” Causa enorme estranhamento e merece ponto de repúdio o abuso de poder por agentes públicos para fins escusos, concretizado por meio de uma estratégia deliberada de ataque reputacional a alvos pré-determinados”, escreveu o ministro do STF. 

Como ministro do STF, Gilmar tem direito ao foro privilegiado e só pode ser investigado criminalmente pela própria corte. 

Com informações de O Globo

Comentários encerrados.