Mourão recebe CUT no Planalto contra a vontade de Bolsonaro

O vice-presidente Hamilton Mourão (PRTB) recebeu o presidente da Central Única dos Trabalhadores (CUT), no Palácio do Planalto nesta quinta-feira (7), e fez críticas à reforma previdenciária da equipe econômica de Bolsonaro.

A reunião de Mourão com Vagner Freitas foi feita à revelia e contra a vontade de Jair Bolsonaro (PSL), que segue internado em São Paulo.

LEIA MAIS: Governo Bolsonaro quer criar empregos sem férias ou 13°

A CUT é contra a reforma da previdência com capitalização proposta pelo ministro da Economia Paulo Guedes. A Central também critica a retirada sistemática de direitos dos trabalhadores desde o golpe de 2016.

“Nós queremos organizar os trabalhadores para a resistência, porque os seus direitos estão sendo retirados”, disse o presidente da CUT. “Não existe democracia sem que os trabalhadores tenham legislação que os protejam”, completou.

O vice Mourão vem fazendo acenos mais democráticos, demarcando com o titular do governo. Seus posicionamentos vem despertando a ira dos bolsonaristas mais aguerridos.

Com informações da Folha de S. Paulo.

Comentários encerrados.