Maduro rejeita esmola e propõe comprar alimentos de Bolsonaro; assista

Compartilhe agora!

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, disse neste sábado (23) que está disposto a comprar à vista as mercadorias que Jair Bolsonaro (PSL) enviou ao país caribenho a título de esmola.

“Vamos comprar todo o arroz, o leite, a carne que quiserem vender, tudo, pagando”, disse Maduro. “Não somos maus pagadores, somos gente honrada”, reforçou o ditador.

LEIA TAMBÉM
Brasil se submete aos interesses dos EUA, diz Gleisi

Maduro garantiu que quer receber alimentos do Brasil, citando o estado de Roraima, que faz fronteira com o Brasil, mas que quer pagar à vista. “Querem trazer leite em pó, arroz e carne? Eu compro, pago agora. Eu quero, claro que sim”, discursou.

Bolsonaro, agindo como bucha de canhão do EUA, enviou mantimentos à fronteira sob a rubrica “ajuda humanitária”, mas até jacarés da Amazônia sabem que o objetivo é invadir militarmente a Venezuela.

Assista ao discurso de Maduro:

Compartilhe agora!