Por Esmael Morais

Justiça determina bloqueio de receita de concessionária do pedágio no Paraná

Publicado em 11/02/2019

O juiz Friedmann Anderson Wendpap, da 1ª Vara da Justiça Federal de Curitiba, determinou o bloqueio imediato de 1/3 da receita bruta mensal da concessionária de rodovias Viapar.

O pedido foi feito em janeiro pela força-tarefa da Operação Lava Jato, em conjunto com procuradores de Paranavaí, Apucarana e Ponta Grossa.

A determinação é um desdobramento da Operação Integração que investiga os crimes de corrupção, fraude a licitações e lavagem de dinheiro na gestão de concessões de rodovias federais no Paraná.

Essa é a mesma operação que levou Beto Richa à prisão em janeiro.

LEIA MAIS: Beto Richa vira réu na lava jato e volta para o bico do corvo

A concessionária informou que ainda não foi intimada da decisão.

Mas se há indícios para prender um ex-governador e para bloquear recursos da concessionária, por que os usuários continuam pagando os valores absurdos dos pedágios?

Com informações do G1.