Por Esmael Morais

Juíza copiou e colou texto de Moro para condenar Lula, diz PT

Publicado em 12/02/2019

A juíza Gabriela Hardt, substituta e seguidora de Sérgio Moro na 13ª Vara Federal de Curitiba, usou trechos inteiros da sentença anterior de Moro para condenar Lula.

LEIA TAMBÉM: Lava Jato ataca Lula temendo o Nobel da Paz, diz PT

Gabriela alterou a ordem de trechos mas utilizou frases e expressões idênticas as utilizadas por Moro no processo do caso do triplex de Guarujá.

A defesa do ex-presidente Lula vai apontar esse “detalhe” entre outros absurdos da condenação no caso do Sítio de Atibaia.

LEIA TAMBÉM: Nova condenação amplia ilegalidade da prisão política de Lula

Outro aspecto bizarro da sentença foi que a juíza cita Leo Pinheiro e José Aldemário como se fosse duas pessoas distintas. Mas trata-se somente de uma pessoa, o ex-presidente da OAS.

A falta de fundamentação jurídica e prova é tamanha, que a juíza teve que se socorrer 24 vezes da palavra ‘suposto’.

Com informações do PT.