Por Esmael Morais

Jair Bolsonaro doente indulta presos com doenças graves

Publicado em 09/02/2019

O presidente Jair Bolsonaro (PSL), antes de assumir o cargo, jurou de pés juntos que nunca indultaria presos durante sua gestão. Mas ele, doente, indultou justamente presos com doenças graves.

“Garanto a vocês, se houver indulto para criminosos neste ano, certamente será o último”, declarou em novembro do ano passado.

LEIA TAMBÉM

Os estranhos tuítes de Janaina Paschoal sobre a saúde de Bolsonaro

O mundo gira e a lusitana muda. Não é que Bolsonaro de hoje surpreendeu ao contrariar o Bolsonaro de ontem?

O que aconteceu para Bolsonaro amolecer o coração?

Não se sabe ainda o motivo de o presidente voltar atrás, mas, a julgar pela diabólica reforma da previdência (fim da aposentadoria) em curso nada tem a ver com compaixão.

Bolsonaro está internado há duas semanas no hospital Albert Einstein, em São Paulo, onde teve grave piora — e melhora nas últimas horas — no quadro de saúde.

Coincidentemente, o presidente assinou o decreto nesta sexta (8) concedendo o indulto para presos com doenças graves. Seria premonição?