Família Bolsonaro pode deixar laranjal do PSL e migrar para nova UDN

O laranjal de corrupção do PSL está colocando a credibilidade e os planos de poder da família Bolsoanro em risco. Por isso, eles estariam negociando a migração para um novo velho partido: a UDN – União Democrática Nacional.

LEIA TAMBÉM: Ministro do Turismo jura que suas “laranjas” são limpinhas

A UDN histórica foi um partido político da direita conservadora que existiu de 1945 a 1965. Foi criado basicamente para aglutinar forças contra o trabalhismo de Getúlio Vargas e seus herdeiros políticos.

Segundo matéria do Estadão deste domingo, os filhos do presidente estão negociando a migração para a legenda.

A nova UDN está em formação e ainda não tem registro no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A legenda já teria 380 mil das 497 mil assinaturas necessárias para homologação.

O partido já tem CNPJ e diretórios em nove Estados, como exige a legislação eleitoral.

Um de seus principais articuladores está em Brasília. É advogado Marco Vicenzo que lidera o Movimento Direita Unida. Ele coordena contatos com parlamentares interessados em aderir ao projeto.

Resta saber se Queiroz e os miliciados também vão para a nova legenda.

Com informações do Estadão.