Por Esmael Morais

Faltam entre 60 e 70 votos para governo aprovar a reforma Previdência, diz Mourão

Publicado em 19/02/2019

O vice-presidente da República, general Antônio Hamilton Mourão (PRTB), afirmou nesta terça-feira (19) que o governo tem atualmente o voto de 250 deputados para aprovar a reforma da Previdência.

LEIA TAMBÉM:
Mulheres se mobilizam contra a reforma da Previdência

“A gente sabe que a oposição tem em torno de 150 votos. Então sobram 363 para serem garimpados. Acredito que temos 250. Então entre 60, 70 votos terão que ser buscados”, avaliou o vice-presidente.

Pouco antes, o líder do governo na Câmara, Vitor Hugo (PSL), não soube fazer uma estimativa de quantos parlamentares apoiam a reforma atualmente, mas disse que o número pode chegar a 372 deputados.

“A gente estima que a base pode chegar a 372 em função de haver oito partidos que se declaram de oposição”, considerou.

A Proposta de Emenda à Constituição (PEC) com a reforma da Previdência deve chegar nesta quarta-feira (20) ao Congresso Nacional. No mesmo dia, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) também deve fazer um pronunciamento, em cadeia nacional de rádio e TV, para tentar nos convencer que o fim da aposentadoria pública é um bom negócio para os brasileiros.

Com informações da Exame