Por Esmael Morais

Caso Marielle e Anderson Gomes: PF cumpre mandados contra obstrução das investigações

Publicado em 21/02/2019

A Polícia Federal (PF) realizou uma operação na manhã desta quinta-feira (21) para cumprir oito mandados de busca e apreensão relacionados aos assassinatos da vereadora Marielle Franco (PSOL) e do motorista Anderson Gomes.

Segundo a PF, o objetivo é apurar suposta tentativa de obstruir a investigação do crime.

LEIA TAMBÉM:

Velha mídia faz coro para empurrar a “reforma” da Previdência de Bolsonaro

A PF não deu mais detalhes sobre a operação, mas informou que a ação constitui “fase intermediária” de investigação sigilosa e foi autorizada pela Justiça estadual e Ministério Público do Rio de Janeiro.

“Em razão das circunstâncias do caso e necessidade efetiva de manutenção do sigilo das investigações em curso, não haverá qualquer manifestação da equipe encarregada dos trabalhos até sua integral conclusão, quando serão informados os resultados diretamente ao Ministério Público e Poder Judiciário”, afirmou.

Semana passada, a Anistia Internacional denunciou problemas nas investigações e a falta de respostas dos agentes públicos no caso.

“Onze meses depois, as investigações do caso Marielle Franco parecem que estão mergulhadas em um labirinto longe da solução”, destacou Renata Neder, coordenadora de pesquisa da Anistia Internacional.

No próximo dia 14, os assassinatos de Marielle e Anderson completam um ano.

Com informações do G1