Bolsonaro será mais breve que Collor, prevê Requião

O eterno senador Roberto Requião (MDB-PR) previu, à luz da incompetência e do entreguismo, que o presidente Jair Bolsonaro (PSL) será governo mais breve que o de Fernando Collor de Mello, interrompido pelo impeachment, em 1992, cuja duração foi de apenas pouco mais de 2 anos.

Pelo Twitter, Requião afirma ter feito uma “retrospectiva do futuro” e que teria constatado que Bolsonaro passou pela história como “O Breve”.

“Fazendo ‘retrospectiva do futuro’ constato a eleição de Jair Bolsonaro. Ganha a presidência em simulado combate à corrupção com apoio de interesses internacionais e faz do governo imensa confusão. Isolado, é apeado do poder e passa para a história como ‘BOLSONARO, O BREVE'”, escreveu o emedebista.

Comentários encerrados.