Bolsonaro quer criar uma legião de idosos pobres, diz Haddad

O petista Fernando Haddad, que foi candidato à presidência da República nas eleições de 2018, usou o Twitter na tarde desta quarta-feira (20) para criticar a proposta da reforma da Previdência de Jair Bolsonaro (PSL). Para ele, o presidente da República “é um Temer obscurantista”.

LEIA TAMBÉM:

Previdência: ‘Capitalização’ jogou na miséria aposentados no Chile e no México

“Bolsonaro quer criar uma legião de idosos pobres. É um Temer obscurantista!”, escreveu Haddad na rede social.

O presidente entregou hoje ao Congresso Nacional a proposta do seu governo para a Previdência que, na prática, acaba com o direito à aposentadoria.

Muitos consideram a proposta de Bolsonaro muito pior do que a de Michel Temer (MDB).