Por Esmael Morais

Bolsonaro deixará hospital ainda hoje; vão recomeçar as batalhas

Publicado em 13/02/2019

O presidente Bolsonaro deve ter alta do Hospital Albert Einstein no início da tarde desta quarta-feira (13). Com seu retorno ao trabalho, recomeçam as batalhas.

A primeiro e mais importante de todos os embates deve ser o da “reforma” da previdência.

LEIA TAMBÉM: Bolsonaro pedalou R$ 606 bilhões em cima dos velhinhos. Impeachment ou não vem ao caso?

Amplos setores da sociedade formaram um consenso sobre a necessidade de se fazer uma reforma. Mas ainda há quem discorde.

A questão é que a “reforma” de Bolsonaro deve penalizar os mais pobres, os idosos, os doentes. Mas cabe a ele decidir como será a proposta do governo que vai para o congresso.

LEIA TAMBÉM: PT vai retomar caravanas no país contra reforma da previdência e por Lula Livre

Uma derrota já na saída, pode comprometer todos os planos da extrema direita para o país. E uma “reforma” branda, que não mude muita coisa, seria um sinal de fraqueza para os aliados.