Toffoli adianta que o STF não deve barrar a liberação das armas por Bolsonaro

O presidente do STF, Dias Toffoli, “lavou as mãos” e deu sinal verde para as medidas armamentistas e punitivistas prometidas pelo presidente Bolsonaro.

LEIA TAMBÉM: Bolsonaro ameaça: ‘o melhor está por vir’

Para Toffoli, as alterações nas regras do porte de armas ou do regime penal não alteram cláusulas pétreas da constituição. Por isso, o STF não deve “se meter” em decisões do governo sobre os temas.

Bolsonaro defende que os cidadãos comuns tenham armas para se defender dos “bandidos”. Ele também quer que os “bandidos” passem mais tempo na prisão. Nenhuma das medidas deve diminuir a violência urbana.

Muito pelo contrário. Armas nas mãos de pessoas despreparadas costumam causar tragédias. E o aumento do tempo de prisão só vai fortalecer organizações criminosas como o PCC.

Com informações dO Globo. 

Comentários encerrados.