PT quer formar bloco democrático-popular na Câmara para atuar em defesa da democracia

A presidenta nacional do PT, senadora Gleisi Hoffmann (PR), afirmou nesta segunda feira (21), em entrevista coletiva, que o PT vai dar sequência aos diálogos com os partidos de oposição para a consolidação de um bloco parlamentar na cuja atuação vá além da eleição à presidência da Casa.

LEIA TAMBÉM:
“Moro e Bolsonaro querem instaurar o faroeste no Brasil”, diz Gleisi

De acordo com a dirigente da legenda, que assume como deputada federal em fevereiro, o PT está conversando com os demais partidos de oposição na Câmara (PSB, PCdoB, PDT e PSOL) para a formação de um bloco democrático-popular que atue em defesa da democracia, da soberania e em defesa dos direitos trabalhadores.

“Queremos compor um bloco para atuarmos na Casa, para debatermos uma pauta política, que nos una para discutirmos o que vamos fazer em relação à Reforma da Previdência, à MP 871, que trouxe ações que mexem com a Previdência, e como podemos organizar os deputados para defender os direitos conquistados ao longo dos anos, para resguardar os direitos do povo brasileiro”, detalhou a comandante petista.

Na entrevista, Gleisi também reafirmou que o PT não apoiará Rodrigo Maia (DEM-RJ) à presidência da Câmara.

Com informações do PT na Câmara