Procuradores da Lava Jato querem mandar até no Ministério Público do Peru

Compartilhe agora!

Procuradores do Ministério Público Federal que integram a Lava Jato criticaram a destituição de dois promotores da versão peruana da operação.

Eles publicaram uma nota oficial questionando a medida do procurador-geral do Peru, Pedro Chávarry. Ou seja, o Ministério Público Federal do Paraná quer mandar até em outros países.

LEIA TAMBÉM: Lava Jato se comporta como ‘facção política’ e critica decisão do ministro Marco Aurélio

Segundo a nota, os promotores destituídos “são expoentes da Equipe Especial de investigação do Ministério Público peruano responsável pela apuração decorrente da operação Lava Jato naquele País.”

Os brasileiros também levantam dúvidas sobre a independência das investigações peruanas.

Ou seja, a “República de Curitiba” já não se contenta em “mandar” no Brasil.

Com informações do Conjur.

Compartilhe agora!