‘Nós também amamos a China’, diz PCdoB a deputados do PSL

O PCdoB do município de Castro (PR) irá recepcionar a deputada federal eleita Aline Sleutjes (PSL-PR) com faixas e cartazes com dizeres ‘Nós também amamos a China’ e ‘Bem-vindos de volta, camaradas!’.

O Blog do Esmael apurou que a ideia dos comunistas castrenses poderá ser reproduzida em outros estados. Os parlamentares do PSL embarcaram para o país comunista no último dia 14 e retornarão ao Brasil no próximo dia 25.

LEIA TAMBÉM
Olavo de Carvalho renega discípulos do governo Bolsonaro; assista

Além de Aline Sleutjes, se curvaram ao comunismo chinês os seguintes parlamentares: a senadora eleita Soraya Thronicke, os deputados eleitos Carla Zambelli, Daniel Silveira, Tio Trutis, Felício Laterça, Bibo Nunes, Charlles Evangelista, Marcelo Freitas, Sargento Gurgel, (todos do PSL), e Luís Miranda (DEM), bem como o deputado Alexandre Serfiotis (PSD).

O diabo é o que parece ser uma provocação também poderá ser confundido com uma declaração de ‘amor’, haja vista que além de preferir a China as duas agremiações também ‘amam’ o deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ).

PSL, de Jair Bolsonaro, e PCdoB, de Orlando Silva, podem marchar juntos pela reeleição de Maia na Câmara dos Deputados.

O município de Castro, base eleitoral da deputada Aline Sleutjes, fica a 159 km de Curitiba e possui 71 mil habitantes.

Comentários encerrados.