Morre o ex-chefe da Casa Civil e ex-deputado Caito Quintana


Morreu neste domingo (13) o ex-chefe da Casa Civil e ex-deputado estadual, Caito Quintana. Ele estava no Balneário de Camboriú, Litoral de Santa Catarina, quando sofreu um infarto. O político do MDB tinha 72 anos.

Ele estava em Balneário Camboriú, quando passou mal e foi encaminhado ao Hospital.

Familiares vão a Santa Catarina para liberar o corpo e encaminhar a Curitiba, onde ele será velado e sepultado.

Caito Quintana foi ex-chefe da Casa Civil no governo de Roberto Requião (MDB) e ex-deputado estadual por diversas legislaturas.

Caito, o ativista político

Ex-chefe da Casa Civil no governo de Roberto Requião (MDB), Caito era um ativista político em essência. Sua última manifestação pública ocorreu neste sábado (12), aqui no Blog do Esmael, quando mostrou preocupação em relação à questão indígena.

“O desejo desses safados é acabar com os povos indígenas para lotear com brasileiros e estrangeiros, a biodiversidade e as riquezas de subsolo até hoje conservadas por esses ancestrais de todos nós brasileiros”, escreveu ontem à noite, como bem lembrou o deputado Luiz Claudio Romanelli (PSB).

Caito Quintana foi um dos lutadores pelas liberdades democráticas durante a ditadura militar.

O senador Roberto Requião lamentou a perda do amigo e ex-correligionário. “Perda irreparável”, soluçou.

Comentários encerrados.