Marco Aurélio vai “remeter ao lixo” liminar que beneficia Flávio Bolsonaro

O ministro Marco Aurélio Mello do STF afirmou que vai “remeter ao lixo” a liminar do “colega” Luiz Fux que suspendeu as investigações do escândalo das famílias Queiroz e Bolsonaro.

Ele disse ao blog de Andréia Sadi no G1 que vai assinar a decisão do caso de Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) no dia 1º de fevereiro.

LEIA TAMBÉM: Quem vai cair: Maduro ou Bolsonaro?

O ministro explicou que “O Supremo não pode variar, dando um no cravo outro na ferradura. Processo não tem capa, tem conteúdo. Tenho negado seguimento a reclamações assim, remetendo ao lixo”, afirmou Marco Aurélio.

“Não é antecipação de decisão. É só coerência com o que, até aqui, fiz”, completou.

Marco Aurélio é o relator do caso que, com sua decisão, deve voltar ao Ministério Público do Rio de Janeiro.

Com informações do G1. 

Comentários encerrados.