Por Esmael Morais

Kassab cai do governo Doria após 3 dias da nomeação

Publicado em 04/01/2019

O ex-ministro Gilberto Kassab (PSD), recém-nomeado secretário-chefe da Casa Civil no governo João Doria (PSDB), é o primeiro político da era bolsominions a cair no Brasil.

Kassab pediu licença do cargo em virtude de a Polícia Federal ter rastreado R$ 23 milhões pagos em propina, pela JBS, quando ele ainda era ministro da Ciência e Tecnologia do governo Michel Temer (MDB). A tendência é o ex-ministro perder a vez e não voltar…

LEIA TAMBÉM
Secretário da Receita Federal desmente Bolsonaro. Afinal, quem manda nessa joça?

O relatório da “movimentação atípica” de Kassab foi levantado pelo Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf), que investiga repasses de R$ 58 milhões pelos irmãos Wesley e Joesley Batista ao secretário licenciado e ao seu partido, o PSD.

Quem também está no bico do corvo, no âmbito nacional, é o ministro do Meio Ambiente Ricardo Salles. Ele também foi nomeado na última terça (1º), mas pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL).