Globo: governo Bolsonaro é embusteiro

As organizações Globo seguem a mesma pegada da Folha. Segundo o jornalão dos Marinho, neste domingo (13), o governo Bolsonaro é embusteiro porque nada fez de concreto em 10 dias após a posse.

A velha mídia como um todo opera numa lógica de ‘unidade e luta’ com Jair Bolsonaro (PSL), isto é, concorda com a agenda neoliberal — de privatizar, submeter o país aos EUA, escravizar os trabalhadores, acabar com a aposentadoria, etc. — mas tem divergências acerca do destino do butim.

LEIA TAMBÉM
Governo Bolsonaro vira comédia da sessão da tarde; assista

Voltemos à reclamação da Globo, para quem Bolsonaro não apresentou prioridades após dez dias da posse.

Trata-se de meia verdade d’O Globo porque o governo Bolsonaro já mostrou em poucos dias que é contra o povão. As primeira medidas do presidente recém-empossado cortaram o salário mínimo em R$ 8 e agora ameaça acabar com a aposentadoria do trabalhador.

Globo e Folha, cada qual com sua intensidade, estão magoados porque perderam a primazia no governo Bozo. Os furos jornalísticos são dados (notícias em primeira mão) para o SBT de Silvio Santos, TV Bandeirantes e Record.

As duas empresas de comunicação [Folha e Globo] foram marginalizadas no esquema de verbas publicitárias. Bolsonaro disse no início da semana passada que não haverá “pão quente’ para quem é oposição ao governo.

“A mamata vai acabar”, costuma dizer Bolsonaro quando se refere à Folha, Globo e Estadão — com quem frequentemente tem carraspanas.

Comentários encerrados.